Loading...
X
Ligue-nos! +351 214 100 480 | alterstatus@gmail.com

Ansiedade

ANSIEDADE

Diana Frasquilho


As Perturbações da Ansiedade encontram-se entre as perturbações psicológicas mais frequentemente observadas.

A Ansiedade foi definida com um estado emocional, desagradável, negativo, dirigido ao futuro, por vezes exagerado relativamente à ameaça real, e que implica sintomas corporais subjectivos e manifestos.

Qualquer pessoa pode sentir ansiedade em algum momento da sua vida (cerca de 1 em cada 10 pessoas experiencia elevados níveis de ansiedade), sem que isso seja considerado patológico.

Ansiedade normal vs. patológica

Ansiedade Normal

Ansiedade Patológica

Função protectora - sinal de alerta para preparar o indivíduo para a acção;

Resposta a uma ameaça interna, vaga e desconhecida;

Aumenta a capacidade de realização do indivíduo, ajudando-o a manter a motivação para o trabalho e para o alcance de seus objectivos.

Inquietação que ocorre com uma frequência, intensidade e duração excessivas;

Interfere no bem-estar nas várias áreas da vida da pessoa;

Limita a capacidade do indivíduo no desempenho de actividades.


De modo geral, o excesso de ansiedade afecta a pessoa a 3 níveis:

  • Bem-estar geral
  • Saúde física
  • Saúde mental


Perturbação de ansiedade generalizada - PAG

A primeira característica da PAG é uma preocupação excessiva e incontrolável.

A pessoa pode-se preocupar com várias áreas da vida pessoal e social como: saúde, finanças, estado do mundo (guerra e desastres naturais), família, situações novas (novo emprego, conhecer novas pessoas), desempenho no trabalho, performance artística e desportiva, etc. Estas preocupações são intrusivas, stressantes, e de longa duração.

A preocupação excessiva interfere significativamente com a vida diária e é acompanhada por:

  • - Agitação, nervosismo ou tensão interior

  • - Fadiga fácil

  • - Dificuldades de concentração ou esquecimentos ("mente em branco")

  • - Irritabilidade

  • - Perturbações no sono (dificuldade em adormecer ou permanecer a dormir, ou sono agitado).

  • - Hipervigilância e inquetude

  • - Queixas somáticas (dor no estômago, tensão muscular, dores de cabeça, secura da boca, transpiração, peso no peito, taquicardia e dificuldade em respirar "sufoco".)


Origem das Perturbações da Ansiedade:

A Ansiedade é um sinal de alarme e um estimulante natural do organismo face a situações quotidianas ameaçadoras.

Além dos factores genéticos e biológicos, níveis patológicos de ansiedade estão comummente associados a dificuldades de adaptação a novos acontecimentos de vida, nomeadamente pessoais (conflitos emocionais, sociais, laborais, afectivos e sexuais). O abuso de substâncias psicoactivas (café, chá, tabaco, álcool e drogas) e a dor são, também, factores que podem desencadear a perturbação.

As Perturbações da Ansiedade são problemas de saúde sérios e reais, que necessitam de tratamento adequado:

Vários tratamentos podem ser eficazes em diferentes quadros clínicos.

Muitas pessoas com PAG parecem beneficiar de medicação com ansiolíticos ou antidepressivos.

A combinação de medicação e psicoterapia pode ser especialmente benéfica.

A terapia comportamental-cognitiva dirige-se sobretudo aos sintomas-alvo da preocupação excessiva e aos comportamentos de evitamento que a acompanham. O objectivo geral do processo de intervenção é promover o reconhecimento dos sinais da ansiedade e utilizá-los como pistas para o uso das estratégias de controlo da ansiedade (cognitivas, comportamentais e afectivas).

A terapia psicodinâmica pode ser útil em revelar as ameaças inconscientes subjacentes, que se encontram dissimulados nas preocupações da vida corrente, e com as quais o indivíduo anda inquieto.


Vaz Serra, A. (1999). O stress na vida de todos os dias. Coimbra

Graziani, P. (2003). Ansiedade e perturbações da ansiedade. Climepsi Editores: Lisboa.

American Psychiatric Association. (2000). Diagnostic and statistical manual of

mental disorders (4th ed., Text revision). Washington, DC: Author.

Barlow, D. H. (2002). Anxiety and its disorders. The nature and treatment of anxiety

and panic (2nd ed.). Nova Iorque: Guilford.




Voltar